Colecionáveis #Parte2

Em 2005 quando fazia matinalmente um chat para os clientes da Ágora Corretora, montei uma planilha com uma lista de ações que, baseadas no critério exclusivo da Simetria, poderiam subir de volta tudo o que haviam caído. Se uma ação qualquer no passado tivesse valido X unidades de preço e atualmente estivesse sendo negociada por valor ínfimo em relação ao passado, a partir de um momento desconhecido ela poderia voltar a valer o que já valera no seu auge proporcionando ao colecionador um retorno extraordinário que de longe compensaria o tempo de espera desconhecido. Veja um exemplo no gráfico abaixo:

grafico-colecionaveis-1

Depois de uma queda de 8,37 para 0,12, apesar das chances de retornar para 8,37 serem remotas, mas se eventualmente ocorrer o potencial altista é gigantesco. Supondo que comprasse e esquecesse no período em que ficou sendo negociada entre 0,12 e 0,41, digamos em torno de 0,30, se retornasse a 8,37 a rentabilidade alcançada seria de 2690%. Se fizesse uma aplicação de R$1.000,00 obteria 27.900,00 num prazo de retorno incerto. Mas, como a simetria tem uma propensão de dobrar o prazo, neste exemplo em torno de seis anos, mas podendo ser mais ou menos.

grafico-colecionaveis-2

Neste caso foi menor, demorando 5 anos para atingir a projeção simétrica, gerando um retorno anual de simples de 538% ao ano. Se o prazo projetado pela simetria de seis anos fosse estivado para doze, ainda assim teria sido uma operação que teria gerado um retorno anual de 224% ao ano.
Resumindo, as ações que considero colecionáveis obedecem a um critério de seleção baseado na simetria. Assume que se no passado uma ação atingiu certo valor, num futuro indeterminado voltará a atingi-lo. Todavia, não é uma certeza! Já vi vários exemplos para saber que não é um delírio, mas também pode ser apenas um sonho. Em termos de probabilidade, acho que é uma aposta com uma chance maior do que acertar na Sena, mas que não justifica grandes investimentos. Acho que pode aplicar de 5 a 10% do seu capital na coleção inteira, ou seja, de 0,1 a 0,5% por ativo. Estas operações não possuem estope; é comprar e esquecer. Incluí nas tabelas um campo com a minha avaliação pessoal de probabilidade (chute) de ocorrência representado por notas variando de 1 a 10. Quanto maior a nota, menor o tempo de espera projetado e maior a probabilidade de acontecer.
De tempos em tempos, a lista era atualizada, mas não tinha um compromisso de data para nova atualização nem separava o joio do trigo. No meu novo site resolvi fazer duas listas de colecionáveis que começarão cada uma com uma ação e gradualmente elas irão crescendo. Denominei uma de “Blue Diamond Collection” e a outra de “Junk Collection”.

tabela-colecionais

div#stuning-header .dfd-stuning-header-bg-container {background-image: url(https://marcionoronha.com.br/wp-content/uploads/2018/12/premium_bg.jpg);background-size: cover;background-position: center center;background-attachment: scroll;background-repeat: no-repeat;}#stuning-header div.page-title-inner {min-height: 550px;}